FINANÇAS




Execução orçamental

RECEITAS FISCAIS CONTINUAM A CRESCER

Já estão apurados os resultados da cobrança respeitante ao primeiro quadrimestre deste ano, verificando-se a manutenção das tendências já detectadas em meses anteriores com cumprimento das metas estabelecidas.

Num nota à Comunicação Social sobre o comportamento das recitas fiscais, o Ministério das Finanças salienta os crescimentos das receitas dos impostos mais relacionados com o consumo, os quais apresentam as seguintes taxas de aumento relativamente a período homólogo do ano transacto: IVA (+11.1 por cento); ISP (+8.2 por cento); IA (+10.3 por cento) e IT (+8.1 por cento).

São dados reveladores do bom comportamento da economia e das expectativas positivas dos agentes económicos.

Segundo o Ministério das Finanças, o índice de aumento das receitas fiscais (+7.6 por cento) é imputável, em parte, a esse crescimento económico e ao acréscimo de eficácia dos meios de combate à fraude e evasão fiscais.

O excedente, de acordo com o ministério tutelado por Sousa Franco, indicia «um melhor nível de cumprimento» das obrigações fiscais, fruto de uma maior consciência cívica dos cidadãos.

De salientar ainda que a taxa de execução orçamental no final de Abril supera ligeiramente a sua homóloga do ano passado (29.15 contra 28.72 por cento).

(JCCB)